A final se aproxima e a decisão do mundial de surf será na famosa Pipeline

A final vem aí!

Os ânimos estão à flor da pele e aí, quem leva a decisão do título mundial de surf?  Este ano, o Circuito Mundial de Surf Profissional, WSL Championship Tour 2019, tem um novo líder, o brasileiro Italo Ferreira. A maioria das pessoas apontavam a liderança para Gabriel Medina, mas o mar é imprevisível e o cenário foi bagunçado, colocando Italo na melhor posição.

O título será definido no Billabong Pipe Masters, na famosa Pipeline, de 8 a 20 de dezembro no Havaí. A batalha será acirrada entre os cinco primeiros colocados do ranking, sendo que três deles são brasileiros, Italo Ferreira, Gabriel Medina e Filiipe Toledo. Além deles, Jordy Smith, sul-africano e Kolohe Andino, californiano.

São duas ondas que irão decidir o campeão, a Pipeline e Backdoor. Ambas quebram na mesma praia, que também é chamada de Pipeline ou Banzai Pipeline. A diferença de cada uma é que a Backdoor é a onda que vai para a direita, enquanto a Pipeline vai mais para a esquerda.

Os surfistas terão que escolher uma das duas, já que elas exigem posicionamentos diferentes. As ondas são temidas, pois a profundidade é bastante rasa e há corais. Qualquer descuido pode machucar e até trazer consequências graves.

Mundial de surf, surfista na água
Foto: WSL

Quem ganha?

Essa é a resposta que todos querem saber! O Italo vem com tudo, já que está na liderança com muita disposição e vontade para vencer. Mas Medina não facilitará, ele é completo e sabe surfar como ninguém. Filipe segue melhorando e ganhando experiência, mostrando que tem potencial. Estamos bem representados e a festa brasileira está quase garantida!

 O circuito vai pegar fogo e o Comprancha está na torcida pelos brasileiros. Quem será que ganha o mundial de surf?

   

361 visualizações, 1 hoje